Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 13

Tópico: ...

  1. #1
    Membro do Fórum Doum's Avatar
    Data de Adesão
    24.06.2011
    Posts
    495

    Padrão ...

    ...

    nunca mais ninguém postou,
    isto esta abandonado e só,
    vamos reacender o que se quebrou,
    por favor tenham dó.

    nao tenho jeito para poemas,
    mas temos é de treinar,
    discutir sobre muitos e novos temas,
    e tentar sempre rimar.

    quem nos inspirou,
    esta hoje la no céu a nos observar,
    o ametista nos guiou,
    para uma abertura na mente iniciar,

    por favor sejam mais assíduos,
    aproveitem esta liberdade,
    nao sejam apenas individuos,
    isto é para qualquer idade.

    um abraço a todos
    Metallica or die.

  2. #2
    Super Moderado.
    Data de Adesão
    13.06.2008
    Posts
    327

    Padrão

    O meu amor por ti é assim:
    Borboletas a esvoaçar
    Num universo sem fim
    Com estrelas cadentes a passar

    O Sol brilhante a nascer
    E um rouxinol a cantal
    Desde agora ao anoitecer
    Sem nunca parar

    E um unicórnio no ar
    Por cima da nuvem
    Sempre, sempre a voar
    E ora vai ora vêm

    O meu coração a chorar,
    "Aí, pobre de mim"
    A mente a corar,
    O meu amor por ti é assim.

    O Doum têm razão. Temos de dar mais vida a isto, pá !

  3. #3
    Membro do Fórum Lobo Atroz's Avatar
    Data de Adesão
    06.08.2010
    Posts
    2

    Padrão

    FOI ASSIM

    Foi assim,
    como um resto de sol no mar,
    como os lenços da preamar,
    nós chegamos ao fim.

    Foi assim,
    quando a flor ao luar se deu,
    quando o mundo era quase meu,
    tu te foste de mim.

    "Volta, meu bem", murmurei.
    "Volta, meu bem", repeti.
    "Não há canção nos teus olhos,
    nem amanhã nesse adeus ! "

    Horas, dias, meses se passando
    e, nesse passar, uma ilusão guardei:
    ver-te novamente na varanda,
    a voz sumida e quase em pranto,
    a murmurar "meu bem, voltei".

    Hoje essa ilusão se fez em nada
    e a te beijar outra mulher eu vi,
    Vi no seu olhar envenenado
    o mesmo olhar do meu passado
    e soube então que te perdi.

    ( Paulo André e Ruy Barata )

  4. #4
    Membro do Fórum BlackHill's Avatar
    Data de Adesão
    08.04.2009
    Localidade
    Gaia/Alice Springs
    Posts
    48

    Padrão Ametista

    Tenho que lhes dar razão,
    Ele merece ser lembrado,
    E com um simples refrão,
    Pode ser homenageado.

    O que sinto? Muita Saudade,
    Do homem que foi meu irmão,
    Que além da sua Amizade,
    Sempre me estendeu a mão.

    Partiu mas deixou um legado,
    Que tentarei sempre preservar,
    E quem o teve ao seu lado,
    Nunca deixará de o recordar.

    Rita
    Editado pela última vez por BlackHill; 25.09.2012 às 01:08.
    Link para o Blog do Ametista

    http://orobalopoeta.blogspot.pt

  5. #5
    Membro do Fórum Valkkiria's Avatar
    Data de Adesão
    01.07.2012
    Posts
    14

    Padrão

    Valquirias

    Os dias sucedem-se
    Afogados num silêncio gelado,
    Dias feitos de medo e ódio desesperado.

    As noites prolongam-se na insónia,
    Envolvem-me em fantasmas barulhentos
    Que riem, escarninhos, do meu corpo dilacerado.
    Lá fora os pinheiros sussurram impropérios
    E do teto demente, caem bolas incandescentes.
    Da janela trancada, irrompe uma lua inventada
    E do luar nascem beijos de ferro em brasa.

    Os meus lábios são vermelhos como rosas de sangue…
    No meu rosto pálido, brilham duas fontes febris.
    Os meus braços, tão magros, estão pesados como traves.
    Sou uma ideia de mim…
    Procurando a chama branca misteriosa…
    Perdida na minha vontade,
    Escondida nos meus medos.

    Mas, mesmo sem forças para erguer a espada,
    Eu sinto que nenhuma Valquíria me encontrará!…
    Ah, vestiste-me de morte, então morte serei. A tua!

    Blue Vampire Blog

  6. #6
    Membro do Fórum Valkkiria's Avatar
    Data de Adesão
    01.07.2012
    Posts
    14

    Padrão Penumbra

    Penumbra

    O dia dilui-se,
    Despe-se da penumbra
    Diante dos meus olhos,
    Hesitante
    Deixa a roupagem azul
    Aqui, ali…

    Ergo-me.
    Caminho na laje polida
    Vestida de teias caóticas
    E seda enevoada.
    Lânguida e sensual
    Estendo os braços
    E enlaço a escuridão,
    Como se a tua ausência
    Não deixasse um sabor amargo
    Na memória.

    No tempo.

    Em todos o tempos
    Que não te terei.

    Blue Vampire Blog

  7. #7
    Membro do Fórum Valkkiria's Avatar
    Data de Adesão
    01.07.2012
    Posts
    14

    Padrão

    O prazer da dor

    Giro em volta de mim e não me encontro.
    Que praga a mim própria roguei?

    O disco de Ouro vai sorrir no horizonte,
    Envolver-me em brumas amarelas
    E libertar-me da negra solidão.

    Os meus olhos fecham-se com pavor,
    Antecipando a voraz luz afiada
    E num canto escuro me dissipo.
    A coragem abate-se como espuma…
    Sangram-me os sentidos.
    Pensamentos alados sussurram-me enganos
    Em melodias azuis de terra perfumada.

    E nesta dor infernal me eternizo.

    Blue Vampire Blog

  8. #8
    Membro do Fórum Valkkiria's Avatar
    Data de Adesão
    01.07.2012
    Posts
    14

    Padrão

    Hoje não se vê a lua
    Envolveu-a um manto negro e enfolado.

    Criaturas antigas sussurram aos céus
    Uma ladainha de encantamentos lúbricos.
    Neblinas montadas em cavalos de vento
    Traçam caminhos errantes por entre a tempestade.
    Asas de areia
    Castelos de espuma.
    Os lençóis macios e perfumados dos começos
    Esvaem-se num sopro sensual.
    Ouvem-se os silêncios lunares
    Dos gritos mudos do fim.

    Hoje não se vê a lua.

    Blue Vampire Blog

  9. #9
    Membro do Fórum ManuelS26's Avatar
    Data de Adesão
    01.12.2013
    Localidade
    Porto
    Posts
    14

    Padrão

    Sim, sei bem
    Que nunca serei alguém.
    Sei de sobra
    Que nunca terei uma obra.
    Sei, enfim,
    Que nunca saberei de mim.
    Sim, mas agora,
    Enquanto dura esta hora,
    Este luar, estes ramos,
    Esta paz em que estamos,
    Deixem-me crer
    O que nunca poderei ser.
    Come On , U can Try ..But u will probably get Smashed.


  10. #10
    Membro do Fórum ManuelS26's Avatar
    Data de Adesão
    01.12.2013
    Localidade
    Porto
    Posts
    14

    Padrão

    Vamos Lá Pessoal Este tópico Não é tocado á quase 1 ano
    Menor a vida que minhas perguntas,
    menor o tempo que minha vontade
    de viver, de saber, de contar…
    Poetas desejam demais contar
    coisas que descobriram, coisas que
    souberam, que viveram…
    Mas é menor a vida que o que nos baste,
    é menor a vida e o tempo que o que
    nos chegue!
    Façamos assim, que nos revezemos,
    eternamente,
    contando ao mundo, eternamente,
    o que vimos, que soubemos e vivemos
    cada um
    no pouco tempo que lhe restou contar!
    Come On , U can Try ..But u will probably get Smashed.


Bookmarks

Permissões de Mensagens

  • Não podes criar novos tópicos
  • Não podes responder a tópicos
  • Não podes anexar ficheiros
  • Não podes editar os teus posts
  •