Página 12 de 32 PrimeiroPrimeiro ... 2101112131422 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 111 a 120 de 313

Tópico: Ciclismo - Giro, Tour, Vuelta, etc...

  1. #111
    Knock knock... Who's There? The Moon. Beats29's Avatar
    Data de Adesão
    21.12.2011
    Localidade
    Porto
    Posts
    291

    Padrão

    Epa, eu sou ganda fã de ciclismo, mas condeno as suas acções... Concordo que em alguns níveis ajudou a dar mediatismo ao ciclismo, mas isto também retirará muitos fãs e fará com que alguns cépticos gostem ainda menos da modalidade... e eu, embora grande fã do ciclismo, concordo com a parte de ele admitir que se dopou, e que ele é da "era dos epos", mas não deixa de manchar a modalidade... e muito... diga-se o que se disser... já com o Riccardo Ricco foi o mesmo lol. E também não acredito que o Jan Ulrich seja um santinho, muito sinceramente... embora sim, façam ou fizeram espéctaculo e tragam emoção ao ciclismo.

    Citação Resposta Original de Fotomik Ver Post
    Essa notícia é vergonhosa lol.

    btw, voltando ao que realmente interessa, notícia acabadinha de sair:

    Citação Resposta Original de UCI encobriu doping de Armstrong
    Diário francês fornece pormenores de um controlo positivo no Tour'99, em que o ciclista forjou uma receita médica para justificar o resultado.
    O diário francês Le Monde publica hoje um documento que demonstra que a União Ciclista Internacional (UCI) encobriu um controlo positivo de Lance Armstrong, durante a edição da Volta França de 1999.

    O texto, de que o diário francês publica extratos, é um comunicado efetuado pelos controladores da UCI a 4 de julho, após a primeira etapa, entre Montaigu e Chalan, assinado pelo próprio Lance Armstrong e pelo seu diretor, Johan Bruyneel, no qual o ciclista declara que na altura do controlo não estar a ser sujeito a tratamentos ou a utilizar medicamentos.

    Mais tarde, quando se soube que o resultado foi positivo, Armstrong apresentou uma receita médica que a UCI aceitou e que, segundo o Le Monde, se trata da receita médica que o ciclista assegurou, em entrevista a Oprah Winfrey, ter falsificado para encobrir um "positivo" por uso de corticóides.

    O jornal relembra que em 20 de julho de 1999 publicou um texto que denuncia que Armstrong teria acusado positivo num controlo, efetuado 16 dias antes, o que valeu fortes críticas, em particular da então presidente da UCI, o holandês Hein Verbruggen.

    Sem nunca ter divulgado a data da receita, a UCI publicou no dia seguinte um comunicado em que manifestava apoio total ao ciclista norte-americano, acusando o diário francês de fazer acusações infundadas, uma vez que Armstrong apresentou uma prescrição médica que o autorizava a tomar corticoides.

    "A UCI protegeu o ciclista aceitando um documento falsificado. Demos provas da mentira de Armstrong e em vez de pressionar o ciclista, a UCI preferiu gastar toda a sua energia em demonstrar a inocência do corredor", disse Gilles Smadja, chefe de gabinete da então ministra do desporto francesa.

    Recentemente, a UCI decidiu abrir uma comissão independente de investigação, no sentido de determinar se houve pessoas, dentro da organização, que ajudaram Lance Armstrong a ocultar as suas práticas dopantes.

    Numa entrevista à apresentadora de televisão Oprah Winfrey, emitida na quinta-feira nos Estados Unidos, Lance Armstrong admitiu pela primeira vez que se dopou.

    Armstrong venceu, entre 1999 e 2005, sete edições consecutivas da Volta a França, a principal competição velocipédica do Mundo, mas as mesmas foram-lhe retiradas pela União Ciclista Internacional (UCI), na sequência de um inquérito da Agência Antidopagem dos Estados Unidos (USADA).

    As conclusões apontavam para o recurso de doping, que sempre negara, ao longo de quase toda a carreira e, por isso, o seu palmarés desde 1 de agosto de 1998 foi "apagado", sendo que na quinta-feira, o Comité Olímpico Internacional (COI) também exigiu a Armstrong a devolução da medalha de bronze conquistada no contrarrelógio de Sydney'2000.
    ...

  2. #112
    Inna di red
    Data de Adesão
    03.05.2008
    Localidade
    Não sei
    Posts
    1,283

    Padrão

    Um estudante universitário que trabalha em part-time na biblioteca provocou mais um foco de agitação em torno do ex-ciclista norte-americano.

    A biblioteca australiana que foi notícia por ter transferido os livros de Lance Armstrong para a secção de ficção afirmou hoje que foi «vítima» de uma brincadeira de um funcionário, levado a sério pela imprensa local.

    Segundo a agência France Presse, um estudante universitário que trabalha na biblioteca a tempo parcial colocou um aviso na porta anunciando que, na sequência da confissão do ciclista norte-americano do consumo de substâncias ilegais, os seus livros seriam transferidos para a secção de ficção.

    «Todos os livros de não ficção de Lance Armstrong, incluindo ‘Lance Armstrong: Imagens de um campeão’, ‘O programa de desempenho de Lance Armstrong: o maior campeão do mundo’, serão transferidos de imediato para a secção de ficção», destacava o aviso, entretanto retirado, que terminava com um “smile” (símbolo amarelo de uma cara sorridente).

    De acordo com Wendy Ford, funcionária da biblioteca de Manly, em declarações ao jornal online australiano The Sidney Monrning Herald, tudo se tratou de uma brincadeira de um jovem universitário que trabalha na biblioteca aos fins de semana.

    «Esta pessoa só trabalha um par de horas aos fins de semana na biblioteca e não tem qualquer autoridade para fazer uma declaração destas em nome da biblioteca», explicou Wendy Ford, em declarações ao The Sidney Monrning Herald.

    «Ele achou que seria engraçado», disse Ford, acrescentando que o jovem não imaginava que iria dar origem a milhares de comentários na rede social ‘twitter’ e, a partir daí, ser replicado por jornais europeus e norte-americanos.

    A responsável disse que a brincadeira vai ser avaliada internamente, até porque o Conselho de Mainly, que gere a biblioteca, recebeu centenas de chamadas. O funcionário não deve, no entanto, ser repreendido, acrescentou.

    Wendy Ford acrescentou ainda que a biblioteca não pode fazer a recategorização de uma obra, já que isso tem a ver com o número de ISBN (número comercial pelo qual um determinado livro é conhecido internacionalmente) atribuído pelas Bibliotecas Nacionais, adiantando que está a ser realizado um inquérito interno para resolver a questão.

    Lance Armstrong, de 41 anos, confessou quinta-feira numa entrevista a Oprah Winfrey que participou num programa sistemático de doping que o levou a perder todos os títulos desportivos, incluindo sete vitórias no Tour de França e a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Sidney, realizados no ano 2000.
    para os revoltados com a noticia dos livros

  3. #113
    APPLAUSE Fotomik's Avatar
    Data de Adesão
    29.07.2007
    Localidade
    Braga
    Posts
    4,507

    Padrão

    Citação Resposta Original de Beats29 Ver Post
    Epa, eu sou ganda fã de ciclismo, mas condeno as suas acções... Concordo que em alguns níveis ajudou a dar mediatismo ao ciclismo, mas isto também retirará muitos fãs e fará com que alguns cépticos gostem ainda menos da modalidade... e eu, embora grande fã do ciclismo, concordo com a parte de ele admitir que se dopou, e que ele é da "era dos epos", mas não deixa de manchar a modalidade... e muito... diga-se o que se disser... já com o Riccardo Ricco foi o mesmo lol. E também não acredito que o Jan Ulrich seja um santinho, muito sinceramente... embora sim, façam ou fizeram espéctaculo e tragam emoção ao ciclismo.
    Acho que também ai há algum drama.

    Primeiro porque acho que os fãs de ciclismo estão a par do problema do dopping, não será certamente por saberem deste caso que o vão deixar de ser. Dai que como disse anteriormente, não ver onde está a desilusão. Só se desilude quem está iludido. Pode ser desilusão para quem não está a par do problema, mas para quem está, como acredito que seja o caso de todos os fãs de ciclismo, não é.

    Segundo, vejo isto um pouco como a corrupção no futebol. Corrupção, uma coisa que qualquer pessoa normal condena. Mas a pessoa normal gosta de futebol, onde há corrupção (ou fortes suspeitas que haja). Mas continua a gostar de ver futebol. Porque é que o ciclismo e o doping hão-de ser diferentes? Uma pessoa que é fã de futebol não deixa de o ser por causa da corrupção, assim como um fã de ciclismo não deixa de o ser por causa do doping. O futebol tem ainda o problema do salário alto dos jogadores, com os quais a maioria das pessoas não concorda.
    Seguindo esse raciocínio por uma questão de coerência, se não concordas com os salários dos jogadores e achas a corrupção uma prática correcta então não podes gostar de futebol.

    Mas as coisas não funcionam bem assim, certo? Pois...

  4. #114
    APPLAUSE Fotomik's Avatar
    Data de Adesão
    29.07.2007
    Localidade
    Braga
    Posts
    4,507

    Padrão

    Citação Resposta Original de devilsun Ver Post
    para os revoltados com a noticia dos livros
    you had one job!

  5. #115
    Membro do Fórum
    Data de Adesão
    12.04.2010
    Posts
    43

    Padrão

    Mas nem todos o grandes fans acreditam que o Arm-Strong se dopava, ou melhor não queriam acreditar. E esses sim, deve estar decepcionados.

    Agora ninguém aqui está a dizer que ele é que é o mau da fita. Ele é só a ponta do iceberg e o facto de ter sido considerado um dos melhores atletas de sempre pesa muito.

    Mas não é por todos os seus adversários directos também fazerem o mesmo, que se pode achar que está tudo bem e se fecha os olhos às regras.

  6. #116
    APPLAUSE Fotomik's Avatar
    Data de Adesão
    29.07.2007
    Localidade
    Braga
    Posts
    4,507

    Padrão

    Citação Resposta Original de Tiago @ Ver Post
    Mas nem todos o grandes fans acreditam que o Arm-Strong se dopava, ou melhor não queriam acreditar. E esses sim, deve estar decepcionados.

    Agora ninguém aqui está a dizer que ele é que é o mau da fita. Ele é só a ponta do iceberg e o facto de ter sido considerado um dos melhores atletas de sempre pesa muito.

    Mas não é por todos os seus adversários directos também fazerem o mesmo, que se pode achar que está tudo bem e se fecha os olhos às regras.
    A questão aqui é, o que é que está mal? As regras ou os ciclistas?

  7. #117
    Membro do Fórum
    Data de Adesão
    12.04.2010
    Posts
    43

    Padrão

    Essa resposta é simples: os dois.

    Se existem regras são para cumprir. Independemente se eles acham as mais adequadas. Mas por exemplo, a justificação do armstrong foi porque era o caminho mais fácil. Isso diz tudo.

    Quanto às regras, de certeza que não são as melhores. E deviam ser adaptadas para servirem melhor tanto os ciclistas como os público. Até já ouvi ideias para legalizar certas substâncias que permitam a mais rápida recuperação.

    Mas independentemente de as regras serem as melhores ou não, os ciclistas não têm o direito de contornar-las. E devem ser punidos por isso.

  8. #118
    Knock knock... Who's There? The Moon. Beats29's Avatar
    Data de Adesão
    21.12.2011
    Localidade
    Porto
    Posts
    291

    Padrão

    Citação Resposta Original de Fotomik Ver Post
    Acho que também ai há algum drama.

    Primeiro porque acho que os fãs de ciclismo estão a par do problema do dopping, não será certamente por saberem deste caso que o vão deixar de ser. Dai que como disse anteriormente, não ver onde está a desilusão. Só se desilude quem está iludido. Pode ser desilusão para quem não está a par do problema, mas para quem está, como acredito que seja o caso de todos os fãs de ciclismo, não é.

    Segundo, vejo isto um pouco como a corrupção no futebol. Corrupção, uma coisa que qualquer pessoa normal condena. Mas a pessoa normal gosta de futebol, onde há corrupção (ou fortes suspeitas que haja). Mas continua a gostar de ver futebol. Porque é que o ciclismo e o doping hão-de ser diferentes? Uma pessoa que é fã de futebol não deixa de o ser por causa da corrupção, assim como um fã de ciclismo não deixa de o ser por causa do doping. O futebol tem ainda o problema do salário alto dos jogadores, com os quais a maioria das pessoas não concorda.
    Seguindo esse raciocínio por uma questão de coerência, se não concordas com os salários dos jogadores e achas a corrupção uma prática correcta então não podes gostar de futebol.

    Mas as coisas não funcionam bem assim, certo? Pois...
    Atenção, eu já tinha 1 ideia que ele se dopava... a par do Ulrich... não tem nada a ver com ilusões. Simplesmente isto degride o desporto, e já a imagem que o ciclismo tem para o pessoal "de fora". Além que o gajo é 1 exemplo para muita gente, venceu 1 cancro e etc. Simplesmente fica smp mal 1 vencedor tão mítico ser acusado de doping, e ainda por cima tão tardiamente... Epa, mancha a reputação e a qualidade do desporto, diga-se o que se disser... pra mim todo o escandalo de doping é desilusão, principalmente pela figura e importância que tem po desporto. Logo, tou a falar principalmente em relação ao desporto e não ao Armstrong em si... porque o ciclismo não merece isto... é sempre facada atrás de facada. Ver edição atrás de edição, vibrar com as vitórias e as quebras de rendimento de x e y em alta montanha, e de repente ver que acontecer isto... epa, desilude sempre 1 pouco, é como se arrancassem 1 pouco do gosto ao ciclismo... e epa, não tamos a falar de 1, nem 2, nem 3, mas sim 7 edições... é muita coisa...

    Agora, eu falo do Armstrong como se fosse outro ciclista qualquer, e continuo a dizer, é desilusão... agora sim, tb concordo, isto é falado como é por ser o Armstrong, é mais mediatismo que sei lá o quê, se fosse um Contador, ou um Valverde, ou um Shleck de certeza que não falariam tanto... porque esse senhor Armstrong, com as suas lutas com o Ulrich, fez o que pouca gente fez, que foi dar mais mediatismo e importância ao ciclismo... não é apenas 1 ciclista reconhecido, é 1 desportista reconhecido... e há que lhe dar o mérito disso... agora, infelizmente, o facto de ter acontecido isso fará com o que o próprio Armstrong retire um bocado dessa importância que deu ao ciclismo... pouco, mas retirará... porque aqueles, principalmente ex-cépticos, que não ligavam puto ao ciclismo, a par dos fãs dele, que passaram a ligar ao ciclismo graças a ele mesmo, de certeza que não irão gostar muito da notícia.

  9. #119
    Knock knock... Who's There? The Moon. Beats29's Avatar
    Data de Adesão
    21.12.2011
    Localidade
    Porto
    Posts
    291

    Padrão

    Citação Resposta Original de Tiago @ Ver Post
    Agora ninguém aqui está a dizer que ele é que é o mau da fita. Ele é só a ponta do iceberg e o facto de ter sido considerado um dos melhores atletas de sempre pesa muito.

    Mas não é por todos os seus adversários directos também fazerem o mesmo, que se pode achar que está tudo bem e se fecha os olhos às regras.
    Não concordo 100% com isso, mas sim, na prática basicamente é isso que eu penso. O ciclismo é 1 desporto que precisa de muito esforço físico, não há dúvidas... e há pessoas que não percebem isso... e os próprios ciclistas deveriam ter em mente que isso só dá facadas à qualidade do desporto.

  10. #120
    APPLAUSE Fotomik's Avatar
    Data de Adesão
    29.07.2007
    Localidade
    Braga
    Posts
    4,507

    Padrão

    Citação Resposta Original de Beats29 Ver Post
    Simplesmente isto degride o desporto
    Denigre.

    Spoiler
    Só porque és grammar nazi


    Citação Resposta Original de Beats29 Ver Post
    Atenção, eu já tinha 1 ideia que ele se dopava... a par do Ulrich... não tem nada a ver com ilusões. Simplesmente isto degride o desporto, e já a imagem que o ciclismo tem para o pessoal "de fora". Além que o gajo é 1 exemplo para muita gente, venceu 1 cancro e etc. Simplesmente fica smp mal 1 vencedor tão mítico ser acusado de doping, e ainda por cima tão tardiamente... Epa, mancha a reputação e a qualidade do desporto, diga-se o que se disser... pra mim todo o escandalo de doping é desilusão, principalmente pela figura e importância que tem po desporto. Logo, tou a falar principalmente em relação ao desporto e não ao Armstrong em si... porque o ciclismo não merece isto... é sempre facada atrás de facada. Ver edição atrás de edição, vibrar com as vitórias e as quebras de rendimento de x e y em alta montanha, e de repente ver que acontecer isto... epa, desilude sempre 1 pouco, é como se arrancassem 1 pouco do gosto ao ciclismo... e epa, não tamos a falar de 1, nem 2, nem 3, mas sim 7 edições... é muita coisa...

    Agora, eu falo do Armstrong como se fosse outro ciclista qualquer, e continuo a dizer, é desilusão... agora sim, tb concordo, isto é falado como é por ser o Armstrong, é mais mediatismo que sei lá o quê, se fosse um Contador, ou um Valverde, ou um Shleck de certeza que não falariam tanto... porque esse senhor Armstrong, com as suas lutas com o Ulrich, fez o que pouca gente fez, que foi dar mais mediatismo e importância ao ciclismo... não é apenas 1 ciclista reconhecido, é 1 desportista reconhecido... e há que lhe dar o mérito disso... agora, infelizmente, o facto de ter acontecido isso fará com o que o próprio Armstrong retire um bocado dessa importância que deu ao ciclismo... pouco, mas retirará... porque aqueles, principalmente ex-cépticos, que não ligavam puto ao ciclismo, a par dos fãs dele, que passaram a ligar ao ciclismo graças a ele mesmo, de certeza que não irão gostar muito da notícia.


    Spoiler
    O caso foi mediático por serem os títulos que foram, 7 voltas a frança. O Contador não tem isso tudo, logo seria menos mediático claro. Mancha a modalidade sim, mas não considero desilusão nem deixo de gostar menos do ciclismo por causa disso. O meu objectivo inicial ao dizer isto foi um desabafo em relação ao que lia nos jornais e via pessoas que nem são fãs de ciclismo dizerem, nada mais. Tu dizeres que é uma desilusão porque mancha a modalidade e eu não o considerar é apenas uma questão de português, não necessariamente ideologias diferentes.

Bookmarks

Permissões de Mensagens

  • Não podes criar novos tópicos
  • Não podes responder a tópicos
  • Não podes anexar ficheiros
  • Não podes editar os teus posts
  •