Página 1 de 4 123 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 32

Tópico: Concurso de poesia - [Votações]

  1. #1
    Membro do Fórum Thunderstorm's Avatar
    Data de Adesão
    24.11.2007
    Posts
    502

    Padrão Concurso de poesia - [Votações]

    Concurso de poesia - [Votações]


    Organizadores
    Armykiller / Thunderstorm

    Regras
    Spoiler
    1- Cada pessoa pode participar com um único poema.
    2- O poema deve ter um tamanho mínimo de 10 versos (4+3+3). Não há tamanho máximo, mas apelamos ao bom senso dos participantes para não participarem com poemas excessivamente longos.
    3- O tema é livre, portanto cada um pode escrever sobre o que entender, desde que cumpra as LO do fórum.
    4- Todos os poemas têm de ser originais. Se alguém participar com um poema que não seja da sua autoria e for posteriormente descoberto, esse concorrente será desqualificado
    5- Os poemas devem estar todos escritos em língua portuguesa.
    6- Os poemas serão apresentados a votação, e esta durará 2 semanas.
    7- Todos os poemas serão apresentados a votação com o autor anónimo. O autor só se poderá revelar posteriormente ao fim da votação, caso contrário será desqualificado. O autor não pode votar em si próprio.
    8- Os poemas devem ser enviados por mensagem privada para a thunderstorm, com o título "concurso de poesia".

    Regra 7 alterada. E volto a relembrar: Votos no próprio poema não são contabilizados. Não podem votar em vós mesmos. Os poemas são anónimos. Um autor que revele o seu poema antes do final da votação, será desclassificado.

    Agora, os poemas:

    Poema 1
    Spoiler
    Deambulando pela cidade,
    Cidade onde cresci,
    Vejo precaridade,
    No sítio onde vivi.

    Deambulando pela cidade,
    Vejo tudo e nada,
    E com felicidade,
    Algo aparece na Estrada.

    Deambulando pela cidade,
    Esboço um sorriso,
    Lembrando lealdade,
    Aquando de um aviso.

    Deambulando pela cidade,
    Vejo-te em todo o lado,
    Sinto luminosidade,
    E simultaneamente um tornado.

    Deambulando um pouco mais,
    O sorriso desaparece,
    Penso que é demais,
    Quando o sentimento não desvanece.

    Deambulando por essas ruas,
    Sinto a tristeza,
    De as sentir nuas,
    De alguma beleza.

    Deambulando e pensando,
    É assim que me vejo,
    Imaginando,
    Tudo o que desejo.

    Deambulando vejo um reflexo
    Vem e vai,
    Com rosto perplexo,
    És tu, meu Pai?


    Poema 2
    Spoiler
    O sangue que escorre, a dor que não deixa respirar…

    Sangue esvaía-se em meu coração,
    Trespassado pelo punhal da hipocrisia,
    O que julgava amor revelou-se ilusão,
    Afogo-me no rio da tua mentira…

    A dor que não deixa respirar,
    A ira que cega e não deixa ouvir,
    Desespero por forças para ultrapassar,
    Mas nada trava o que estou a sentir…

    Mergulhado nas recordações,
    Embebido para te voltar a ter,
    Entre suplicas e orações,
    Tudo o que peço é te esquecer.

    Guiado pela razão deveria esquecer,
    Mas conduzido pela emoção, só te quero ter.
    Desespero para saber o que fazer,
    Para apesar de magoada, a flor do amor crescer…


    Poema 3
    Spoiler
    O Amor

    Gostaria de ser cantor
    para cantar e encantar
    baseava-me no teu amor
    para sempre me inspirar.

    Quando cantasse, o nosso amor brilharia
    como uma estrela no céu
    a pairar de noite e de dia.

    O amor é como um poema
    começa e pode acabar
    também nos pode alegrar quando estamos a sonhar.


    Poema 4
    Spoiler
    O travian é um jogo
    em que eu estou viciado
    so consigo parar de jogar,
    quando tenho o pc avariado..

    Nele consigo me divertir,
    mas por vezes conseguem-me irritar
    mas não deixo de sorrir
    e de no travian continuar.

    Por alguns amigos sou gozado
    por o travian nao deixar
    mas respondo entusiamado
    ide masé passear

    Com esta quadra me vou ausentar
    para o travian tenho de seguir,
    tenho jogadores para atacar
    e edificios para construir.


    Poema 5
    Spoiler
    Sentado a tentar escrever
    Não me esqueco de ti
    Eu até podia querer
    Mas tu fazes lembrar

    Não há muito que dizer
    Porque tu já o fizeste
    A tua voz não deixa perder
    A vida que esqueceste

    Andei com os teus sapatos
    Então foi ai que percebi
    Que eles eram pesados
    Mas os cordões, esses
    Estavam bem apertados

    Nesse jogo do amor
    Não se ganha muito
    Também não se perde,
    Não duvides por um minuto

    Porque ainda te sinto presente
    Nos caminhos da minha vida
    Quando dizem que morreste?
    Afinal quem controla a saida?

    Amy, Amy, Amy,
    Não há muito a dizer
    Porque tu já o fizeste


    Poema 6
    Spoiler
    Chamas-me louco,
    Porque a tua imaginação,
    Consegue ter a perfeita noção,
    De tudo o que faria por ti.

    Chamas-me louco,
    Por nutrir tão severo amor,
    Que me faria atravessar todo o horror,
    Que fosse necessário para te alcançar.

    Chamas-me louco,
    Mas não consegues ter a veleidade,
    De me dizer com honestidade,
    Que tudo isto para ti é pouco.

    Que atravessar mares e oceanos,
    Só para te alcançar,
    Para ti não significa amar,
    Mas sim perder o juízo.

    Não te interessa o prejuízo,
    Do tempo gasto na tua pessoa,
    Porque nem mesmo em hora boa,
    Fazes um esforço para compreender,
    O que uma pessoa consegue fazer,
    Por amor.

    Amar é uma doença,
    Que me foi diagnosticada,
    Pois a minha alma ficou mudada,
    Quando viu a tua bela face,
    Que personificava ternura,
    E imediatamente compreendia,
    Que para o bem deste amor tudo faria,
    Mas tu chamas a isso loucura.

    Chamas-me louco,
    Porque nunca te sentiste desta maneira,
    Disposta a atravessar todas as fronteiras,
    Que nos queiram separar,
    Pois nisso consiste o verdadeiro amar.

    Chamas-me louco,
    Por ter a coragem de agir,
    Quando mais ninguém tem.
    E por evitar reprimir,
    O sentimento que tenho por alguém.
    E por conseguir expor,
    A verdade crua e dura,
    De nutrir por ti um grande amor,
    Mas chamas a isso loucura.

    Chamas-me louco,
    Por estarmos em classes sociais diferentes,
    E por não entender que os teus parentes,
    Nunca me aceitariam.

    Chamas-me louco,
    Porque as nossas diferenças culturais,
    Que as caracterizo de banais,
    São bastante acentuadas.

    Chamas-me louco,
    Porque vivo o momento,
    E porque nem sequer tento,
    Fazer planos a longo prazo.

    Chamas-me louco,
    Por admitir toda esta conjuntura,
    E mesmo assim querer erguer a estrutura,
    De uma vida a dois.

    Chamas-me louco,
    E louco eu sou.


    Poema 7
    Spoiler
    Eu gosto…

    Eu gosto…
    De acordar.
    E ver a luz do Sol a espreitar na minha janela.

    Eu gosto…
    De ouvir.
    Os sons dos carros a passar na avenida.

    Eu gosto…
    Do mar.
    Ao ver o azul da sua imensidão ao longe.

    Eu gosto…
    Do céu.
    E da neblina que o esconde nas madrugadas.

    Eu gosto…
    Da chuva.
    E de sentir o cheiro da terra molhada.

    Eu gosto…
    De amar.
    A mulher que permanece ao meu lado.

    Eu gosto…
    Eu gosto de viver.


    Poema 8
    Spoiler
    Amor e Paixão e Amizade

    Amor é fogo, dizia o poeta,
    Estava enganado, o seu autor
    O que ele descrevia com a sua caneta
    Na realidade era a Paixão e não o Amor.

    Paixão, sim essa queima
    Pode corroer-nos por dentro
    Levar ate ao fim a teima
    Pode tirar-nos do centro.

    Sobra a amiga, a Amizade
    O mais belo dos sentimentos
    Aquele que mais foge à idade
    E o que mais turva os pensamentos


    Poema 9
    Spoiler
    Abro uma tela em branco,
    E de uma pincelada arranco,
    Uma pintura tão bela,
    Que preenche toda a tela.

    Ao longo de toda a vida,
    Uma imagem colorida,
    Começando só num fundo,
    Vazio como um vagabundo.

    Vou vivendo, vou pintando,
    Vou sabendo experimentando,
    Conhecendo e colorindo,
    Como aprendo! E vou sorrindo...

    Toda a vida num desenho,
    Onde pinto com empenho,
    A experiência que obetenho,
    E o saber que sustenho.

    Não é primor, mas é arte!
    Não é o todo, mas é parte!
    Não é perfeita, mas é minha!
    Uma vida numa linha...


    Poema 10
    Spoiler
    Fazer um poema é complicado,
    Mas também é um desafio...
    Isto vais demorar um bocado...
    Até já estou a suar frio.....

    Mas quando é alguém a pedir,
    Vejo-me obrigada a tentar,
    Vamos ver o que daqui vai sair,
    Pois nem sei como começar!!!

    É mais fácil,Travian jogar...
    Mesmo nesta nova versão,
    Demorei para me habituar...
    E escrever é a nova...missão!!!!


    Poema 11
    Spoiler
    Eu sou como uma flor,
    Que o Sol fez desabrochar,
    Só que a mim,é o amor,
    Que me faz caminhar.

    Uma palavra carinhosa,
    Ou um gesto de ternura,
    Faz com que fique vaidosa,
    E sorria com candura...

    Amar e sentir-me amada,
    É o melhor da minha vida,
    Não ter isso,é não ter nada,
    E de certeza ficava perdida.


    Poema 12
    Spoiler
    Pegar num sentimento,
    sem trabalho ou descoberta,
    para quê escrever algo do momento,
    se o conhecimento é uma porta aberta?

    Prefiro o que crio
    de forma fria, cruel
    é a arte que nasce sem brio
    e não da mente, para o papel

    Porquê sonhar, imaginar,
    sobre felicidade ou tristeza
    sentimentos que me vão atrapalhar
    pois anseio criar algo sem beleza


    Poema 13
    Spoiler
    De tanto te amar
    estou aqui de hora a hora
    só para te olhar
    e não deixar que te vás embora.

    De tanto te amar
    não consigo parar
    de pensar em ti
    e de tudo fazer por ti.

    Nesta noite quero estar
    estar para sempre ao teu lado.

    Um aparte: Nunca pensei que fossem enviados tantos poemas. =D 13 participações. Obrigada a todos.


    Modo de votação:

    Melhor Poema: (respectivamente 3, 2 e 1 pontos)
    1º Lugar -
    2º Lugar -
    3º Lugar -

    Categorias secundárias: (cada voto tem o valor de 1 ponto, mas são categorias individuais)
    Mais expressivo -
    Melhor sonoridade -
    Mais criativo/original -


    As votações terminam no dia 9 de Outubro.

  2. #2
    "Multi" do Shponja PopCorn's Avatar
    Data de Adesão
    22.08.2008
    Localidade
    Casa!
    Posts
    662

    Padrão

    1º Lugar - Poema 12
    2º Lugar - Poema 9
    3º Lugar - Poema 8

    Eh pa foi dificil ecidir entre alguns mas, sim senhor

    Mais expressivo - 2
    Melhor sonoridade - 10
    Mais criativo/original - 9

    Parabéns a todos
    Editado pela última vez por PopCorn; 25.09.2011 às 17:51.
    PopCorn: A infernizar o fórum desde 2008

  3. #3
    Fora de contexto.... Ametista's Avatar
    Data de Adesão
    12.05.2009
    Localidade
    Vila Nova de Gaia
    Posts
    798

    Padrão

    Melhor poema

    1º- Poema nº 8

    2º- Poema nº 11

    3º- Poema nº 1


    Poema mais expressivo

    - Poema nº 2

    Poema com melhor sonoridade

    - Poema nº 10

    Poema mais criativo/original

    - Poema nº 9

    Todos os poemas são excelentes....mas muitos não aceitaram o meu desafio....
    Como podem ver...é fácil....para o próximo espero que mais jogadores e membros da TeamPt concorram.

    Um abraço e parabéns a todos

    Ametista
    orobalopoeta.blogspot.com

  4. #4
    dj nuno
    Conta Suprimida

    Padrão

    Melhor Poema: (respectivamente 3, 2 e 1 pontos)
    1º Lugar - 4º
    2º Lugar - 12º
    3º Lugar - 9º

    Mais expressivo - 4º
    Melhor sonoridade - 12º
    Mais criativo/original - 4º

  5. #5
    ORGULHO em ser Robalo Neokid's Avatar
    Data de Adesão
    08.02.2008
    Posts
    3,071

    Padrão

    Melhor poema

    1º- Poema nº 10

    2º- Poema nº 2

    3º- Poema nº 1

    Mais expressivo - 1
    Melhor sonoridade - 5
    Mais criativo/original - 7




  6. #6
    Multi da PopCorn Shponja's Avatar
    Data de Adesão
    19.10.2008
    Localidade
    Casa
    Posts
    3,825

    Padrão

    Melhor poema:
    1º - 10
    2º - 1
    3º - 4

    Mais expressivo - 1
    Melhor sonoridade - 10
    Mais criativo/original - 4

  7. #7
    Membro do Fórum Bergman's Avatar
    Data de Adesão
    17.09.2008
    Localidade
    V. N. de Gaia
    Posts
    1,075

    Padrão

    1º poema 9
    2º poema 12
    3º poema 1

  8. #8
    Membro do Fórum Thunderstorm's Avatar
    Data de Adesão
    24.11.2007
    Posts
    502

    Padrão

    Posts movidos para o tópico de discussão.
    http://forum.travian.pt/showthread.php?t=127753

    Este tópico é APENAS para votos.

  9. #9
    Membro do Fórum BlackHill's Avatar
    Data de Adesão
    08.04.2009
    Localidade
    Gaia/Alice Springs
    Posts
    48

    Padrão

    1- 1

    2- 8

    3- 11

    Mais expressivo- 12
    Melhor sonoridade- 9
    Mais criativo/original- 7

  10. #10
    Membro do Fórum
    Data de Adesão
    20.09.2011
    Posts
    2

    Padrão

    1º. 8

    2º. 10

    3º. 7


    expre. 1

    sonor. 10

    orig. 7

Bookmarks

Permissões de Mensagens

  • Não podes criar novos tópicos
  • Não podes responder a tópicos
  • Não podes anexar ficheiros
  • Não podes editar os teus posts
  •